Como evitar 80% da ruptura de estoque na sua cadeia produtiva

Como evitar 80% da ruptura de estoque na sua cadeia produtiva
Conteúdo

Sabemos que as indústrias devem ficar muito atentas aos períodos de grande oscilação do mercado, já que a instabilidade na oferta e na demanda é responsável por aumentar consideravelmente o risco de ruptura de estoque nos distribuidores.

Sem dúvida, esse é um dos problemas que precisa ser evitado, ao máximo, por essas organizações. Um dos motivos é que a ruptura de estoque pode provocar prejuízos na credibilidade e nas finanças, dependendo da gravidade da situação. Por isso, todo o cuidado é pouco para gerenciar os itens disponíveis para fabricação ou comercialização desses produtos.

Neste artigo, vamos apontar iniciativas que viabilizam administrar o estoque de forma estratégica, o que é fundamental para manter a competitividade em um elevado patamar. Confira!

Como a Ruptura de Estoque afeta a relação com os clientes

É inegável que a falta de produtos deixa os consumidores bastante insatisfeitos. Por exemplo, uma senhora prefere ir a um determinado supermercado, porque o local apresenta uma maior variedade de produtos do que a concorrência.

Porém, quando há a ruptura no estoque, ela começa a afetar a quantidade de produtos disponíveis no estabelecimento. Essa situação contribui para que um cliente fiel esteja mais interessado em procurar novas opções para ser atendido de maneira plena. Seja procurando por produtos similares de outras marcas ou um outro estabelecimento que tenha aquele produto desejado.

Outro fator ruim provocado pela ausência de itens é a famosa propaganda negativa. E, com as redes sociais, esse fenômeno se tornou ainda mais forte. Afinal, um conteúdo, publicado no Facebook, no Instagram ou no YouTube, é capaz de ganhar uma proporção considerável, o que pode ser prejudicial para a imagem de uma marca.

Não fornecer os produtos, de acordo com as necessidades do público-alvo, também é ruim para a credibilidade. E isso tem um efeito ainda mais devastador quando a empresa não é capaz de cumprir os prazos de reposição das mercadorias, dentro do período informado aos consumidores.

Essas situações mostram como os problemas provocados pela ruptura de estoque devem ser levados a sério pelos empreendedores. Um bom gestor deve evitar, ao máximo, que a ausência de produtos seja uma rotina, pois o descomprometimento com os clientes resulta em queda nas vendas e nos lucros.

Ruptura de Estoque: por que ocorre?

Há uma gama de fatores que provocam esse problema. Com a intenção de ajudar você a compreender melhor as causas responsáveis pela ruptura de estoque, vamos apresentá-las de maneira didática. Acompanhe!

Falta de planejamento

É normal que haja uma flutuação na demanda ao longo do ano por causa de diversos fatores, como o dinamismo da economia e o desejo dos consumidores por uma mercadoria durante uma época do ano.

Se uma companhia não considerar esses cenários, estará com um sério risco de conviver com a ausência de produtos, inclusive em períodos de grande procura pelos clientes. Isso, sem dúvida, justifica o esforço em contar com um planejamento com base em dados sobre o mercado e a postura dos consumidores.

Problemas com fornecedores

A escolha dos parceiros tem um peso cada vez mais importante para atingir o sucesso no mundo dos negócios. E optar por um fornecedor ruim é um equívoco bastante prejudicial para qualquer indústria.

Afinal, o atraso na entrega das mercadorias é um dos fatores mais comuns relacionados com a ruptura de estoque. Por mais que o seu negócio busque respeitar o cliente, a incapacidade de um fornecedor cumprir prazos pode ser determinante para perder a confiança e a preferência do público-alvo.

Controle ineficiente

Mesmo com o avanço tecnológico, algumas indústrias enfrentam dificuldades em fazer um acompanhamento perfeito da entrada e saída de mercadorias em seus distribuidores. Uma consequência dessa falha é a ausência de determinados produtos.

Se o monitoramento dos itens não seguir boas práticas de gestão, uma empresa vai mostrar que não atua com o profissionalismo necessário para se manter competitiva. Hoje, fazer um controle de estoque corretamente é o mínimo que se espera de uma organização, que prioriza ser reconhecida pela qualidade dos serviços.

Estoques virtuais

Por problemas operacionais, muitos clientes mantem estoques no seu ERP diferentes da realidade e erram no pedido considerando produtos que não existem mais pois foram roubados, perdidos, não baixados no sistema. Com os controles de sell-in e sell-out da Implanta a indústria terá uma visão mais precisa que o próprio distribuidor ou varejo.

Como evitar a ruptura de estoque

É notório que a ausência de mercadorias é muito ruim em termos financeiros e de imagem. Felizmente, é possível prevenir esse problema desde que sejam adotadas as medidas corretas. Pensando nisso, vamos mostrar o que pode ser executado para o seu negócio gerenciar o estoque sem rupturas. Veja!

Integração entre setores

Trabalhar com parte das informações da operação do distribuidor ou revenda compartilhadas de maneira colaborativa e inteligente é um excelente caminho para os estoques estarem sempre de acordo com a demanda.

Esta integração será feita através da Implanta IT, que utilizará sua ferramenta de extração de dados para a leitura dos dados de estoque e sell out direto na infraestrutura desse próprio distribuidor, trazendo informações valiosas de sell out, estoque e vendas para as áreas de marketing, trade marketing e comercial.

Mapeamento das mercadorias

Uma empresa tem a obrigação de constatar quais são os produtos de alto giro, ou seja, os que têm uma maior procura. Ao fazer um mapeamento inteligente dos itens mais demandados, torna-se muito mais fácil combater a ruptura de estoque.

Pois a volatilidade da demanda por produtos é grande, pois esta demanda é impactada por fatores como preço (interno e da concorrência), clima, estabilidade da economia, sazonalidade, promoções, etc. Assim este mapeamento das mercadorias precisa de ferramentas digitais para ser mais efetivo.

Uma das razões é que a organização terá dados mais consolidados sobre como um produto que está despertando o interesse do público-alvo. Essa informação, sem dúvida, é muito importante para planejar a reposição e a disponibilidade dos itens comercializados.

Atenção com as datas sazonais

Os momentos em que o comércio está mais movimentado (Black Friday, Natal e outras datas comemorativas) exigem uma atenção mais do que redobrada para prevenir a ruptura de estoque. Se o consumidor não encontrar em uma loja o produto desejado por erro de gestão, vai ficar mais propenso a investir em uma loja diferente ou produto similar de outra marca.

Um bom planejamento e um conhecimento profundo das tendências do mercado são primordiais para não haver problemas com o alto giro de mercadorias durante as épocas com maior fluxo de compras.

Como a Implanta IT pode ajudar a reduzir a ruptura de estoque?

Se está realmente interessado em gerenciar melhor a demanda do seu negócio, uma boa alternativa é contar com um parceiro que permita utilizar os recursos de Tecnologia da Informação (TI) de maneira estratégica.

Com o suporte da Implanta IT, é possível obter dados acurados e já tratados em relação a visibilidade de distribuição. Sem dúvida, essa é a área na qual a Implanta mais se destaca, já que muitos de seus clientes tem dificuldades no tratamento de dados, o famoso De/Para.

Explorar a transformação digital de forma eficaz contribui, de maneira significativa, para prevenir a ruptura de estoque. É um fator que não pode ser ignorado pelas corporações em hipótese nenhuma.

Conforme vimos, o apoio da informação correta e da tecnologia é essencial para se evitar a ruptura de estoque. Assim, se está em busca de melhores práticas para gerenciar o estoque, entre em contato conosco agora mesmo! Queremos ajudar você a atingir um desempenho cada vez mais expressivo!

Procurando um especialista?

A Implanta tem soluções para integrar e analisar os dados da sua cadeia produtiva, revelando as melhores oportunidades de negócio.

Conteúdo Exclusivo

Assine a nossa newsletter

pt_BRPortuguês do Brasil