VMI: a importância do Vendor Managed Inventory na gestão de estoque.

vmi
Conteúdo

Manter um equilíbrio adequado entre as necessidades de produtos no varejo e o fornecimento pela indústria continua sendo um grande desafio na cadeia produtiva.

Por isso, varejo precisa garantir que as prateleiras estejam abastecidas de forma correta, sempre buscando evitar as faltas ou os excessos de produtos.

Afinal, a falta é um ponto forte de perda de clientes para a concorrência, e o excesso é um outro ponto que faz a empresa perder muito dinheiro, por ter produtos estagnados, desatualizados ou até mesmo perto do vencimento.

Assim, a indústria deve produzir em quantidades corretas que correspondam às demandas, conforme elas surjam. Um processo que requer um monitoramento constante e preciso dos dados.

Para evitar esses problemas, o VMI é essencial a qualquer indústria e consequentemente aos seus clientes, os vendedores finais.

Continue lendo esse artigo e entenda definitivamente a importância de contratar esse serviço.

 

VMI e sua importância

O VMI, Vendor Managed Inventory, que significa Estoque Gerenciado pelo Fornecedor, é uma prática de gestão de estoque onde o fornecedor é o responsável direto por gerenciar e reabastecer o estoque do cliente.

Com essa abordagem, o fornecedor monitora os níveis de estoque do cliente e, assim, toma as decisões necessárias sobre quando e o quanto reabastecer.

Com base em dados de vendas e consumo fornecidos pelo cliente ou acessados diretamente pelo fornecedor.

 

Entenda o funcionamento

Atualmente, com o avanço das tecnologias, a inteligência artificial fornece a maior parte desses dados às indústrias. Juntamente com algoritmos de programas específicos, ajustados para coletar, organizar e repassar essas informações de forma organizada e rápida.

De posse desses dados, em vez de a loja ter que requisitar produtos da indústria, a própria indústria examinará os dados de rotatividade do estoque para efetuar a reposição necessária. Assim, o processo de otimização de reposição fica mais fácil.

Com isso, um dos maiores benefícios dessa metodologia é eliminar erros que ocorrem durante a solicitação de pedidos e resolver os gargalos presentes no gerenciamento de estoques.

 

Os benefícios do VMI

São diversos os benefícios, tanto para os fornecedores quanto para os clientes (vendedor final), com a utilização do VMI. Conheça e entenda alguns deles:

 

  1. Redução de custos operacionais

O cliente pode reduzir os custos associados à manutenção do estoque, como armazenamento e controle. Uma das mais trabalhosas atividades em uma empresa, que demanda muito tempo, concentração e não permite erros, é o controle de estoque.

Manter organizado, com produtos dentro de seu prazo de validade, e sem itens antigos ocupando o espaço de produtos novos ou que serão lançados, é uma tarefa que exige muito, tanto em custos quanto em pessoal.

 

  1. Melhoria na eficiência da cadeia de suprimentos

O fornecedor pode planejar melhor a produção e a entrega, resultando em uma cadeia de suprimentos mais eficiente. Sabendo a quantidade e como os produtos estão sendo vendidos ao cliente final, o fornecedor vai se planejar de forma assertiva, sabendo qual produto deve aumentar ou reduzir na produção, conforme os dados que tenha recebido do VMI.

O planejamento é a melhor forma de agir para não ser surpreendido com surpresas desagradáveis. Como por exemplo, ter que acelerar a produção de algum item, talvez pecando na qualidade ou sobrecarregando máquinas e colaboradores. Ou ter que parar de produzir algo que “achava” que estava tendo uma boa saída, mas que na verdade não está performando bem, e está estagnado nas prateleiras do cliente.

Com o uso do VMI, a eficiência se torna uma constante em sua cadeia produtiva.

 

  1. Redução de faltas de estoque

O fornecedor pode garantir que o cliente sempre tenha os produtos necessários em estoque, reduzindo a probabilidade de faltas. Pois um dos principais motivos da perda de clientes em um estabelecimento é a falta de produtos no momento da compra.

Uma vez que o cliente não encontra o que está procurando, ele já cria o conceito de que este estabelecimento não tem, e não terá, nenhum outro produto que ele necessite. E não havendo falhas no estoque, o cliente sempre será atendido com os produtos que busca.

 

  1. Melhoria no relacionamento fornecedor-cliente

Uma colaboração estreita entre esses dois personagens da cadeia produtiva pode levar a um relacionamento mais forte e confiável entre as duas partes.

A interação entre fornecedores e clientes é essencial para o crescimento de qualquer indústria e qualquer comércio, pois um não existe sem o outro, e com uma boa comunicação e intenções de desenvolvimento mútuo alinhadas, com o compartilhamento das informações de vendas e estoques, os dois lados só têm a ganhar.

 

Como funciona o VMI?

Compartilhamento de Dados

O primeiro passo no VMI é o compartilhamento de dados, quando o cliente repassa ao fornecedor informações detalhadas sobre suas vendas e níveis de estoque. Esses dados podem ser compartilhados por meio de sistemas de ERP (Enterprise Resource Planning), EDI (Electronic Data Interchange) ou plataformas específicas de VMI, como a da Implanta.

Por isso a precisão e a atualidade desses dados são essenciais (acuracidade). Assim, permitindo que o fornecedor tenha uma visão clara e atualizada da demanda do cliente e dos níveis de estoque, possibilitando uma gestão mais eficiente. A Implanta repassa esses dados do cliente aos fornecedores com extrema acurácia e confiabilidade.

 

Análise de Dados

Uma vez que o fornecedor recebe os dados de vendas e de como está o estoque, ele analisa esses dados para entender a demanda do cliente. Essa análise envolve o uso de algoritmos de previsão, análises de tendências e outras ferramentas de análise de dados para identificar padrões de consumo e sazonalidade.

Com essas informações, o fornecedor pode prever a demanda futura com maior precisão, ajudando a evitar excessos ou faltas de estoque e garantindo que o cliente tenha os produtos necessários no momento certo.

Nada é realizado com “achismos” ou previsões baseadas em dados antigos, ou baseado em um contexto histórico externo às empresas envolvidas. Essa é a base do trabalho da Implanta, que oferece o serviço de VMI com assertividade e precisão, personalizados a cada cliente.

 

Planejamento e Reabastecimento

Com base na análise de dados, o fornecedor desenvolve um plano de reabastecimento que determina quando e com quanto reabastecer o estoque do cliente.

Esse planejamento é fundamental para garantir a disponibilidade dos produtos sem sobrecarregar o estoque.

O fornecedor considera fatores como lead times* de produção e entrega, além de variações sazonais na demanda. Um planejamento eficiente permite que o fornecedor alinhe sua produção e logística às necessidades do cliente, otimizando a cadeia de suprimentos.

 

* (Lead times é o período desde o momento em que um pedido é feito até a produção ser concluída e o produto ser entregue ao cliente. Isso envolve o tempo de processamento do pedido, fabricação, montagem, embalagem e transporte).

 

Entrega e Controle

Na fase de entrega e controle, o fornecedor efetua a entrega dos produtos conforme o plano de reabastecimento e continua monitorando os níveis de estoque do cliente.

O controle contínuo envolve a coleta e análise regular de dados de vendas e inventário, ajustando as previsões e os planos de reabastecimento conforme necessário.

Esse processo interativo garante que a empresa mantenha o estoque em níveis ótimos, adaptando-se rapidamente a mudanças na demanda e minimizando o risco de ruptura ou excesso de estoque.

 

Principais vantagens da utilização do VMI

A digitalização da cadeia produtiva é fundamental para otimizar processos e melhorar os níveis de serviço. Com o VMI, a indústria não só melhora a gestão de estoques, mas também automatiza cálculos essenciais que monitoram estoques e vendas.

Por isso, para maximizar os benefícios do VMI, como visibilidade na gestão, integração de dados e manutenção eficiente de estoques, é essencial utilizar sistemas tecnológicos que automatizem esses cálculos e forneçam informações precisas sobre vendas e estoques.

E a principal especialidade da Implanta é o desenvolvimento, implantação e controle de sistemas tecnológicos baseados em machine learning (inteligência artificial) e algoritmos, “treinados” para essas melhorias.

 

As vantagens

  • O varejista vai corrigir falhas ao compartilhar a gestão de seu estoque, já que vai aproveitar a eficiência dos processos industriais.
  • Redução de rupturas e excessos de estoque, aumentando o faturamento e margens.
  • Com a política de estoques equilibrada, haverá a redução dos níveis de itens por meio de reposições baseadas em dados de consumo precisos.
  • A partir do momento em que a gestão do estoque é automatizada, há mais tempo para se concentrar em atividades estratégicas para o crescimento do negócio.
  • Com produtos sempre na quantidade certa para o consumidor final, há uma melhoria significativa no nível de serviço e na qualidade do atendimento.

 

Como iniciar a implantação do VMI

Uma outra questão fundamental para iniciar esse processo é a confiabilidade entre os parceiros no momento de estabelecer a gestão de estoque baseada no Vendor Managed Inventory.

O comprador libera o acesso do seu estoque ao distribuidor, então, estabelecer parcerias com confiança e credibilidade é essencial. Pois assim o processo será bem-sucedido e positivo para todos os envolvidos.

Dessa forma, ao adotar esse tipo de processo, é interessante verificar e cultivar as parcerias. E estabelecer compromissos que garantam a continuidade da cadeia produtiva sem erros e com desenvolvimento para ambas as partes.

Você já sabe que necessita do VMI em sua empresa e você já tem um relacionamento de parceria confiável com seus clientes. Então agora só falta encontrar a empresa certa, que tenha gabarito e experiência consolidada para colocar em prática o que você necessita.

Para isso, você pode contar com os serviços prestados pela Implanta, que é especializada em sistemas estratégicos, tecnológicos e avançados.

E além disso, vai repassar todo o passo a passo para fazer a melhor implantação do VMI em sua cadeia produtiva. Fale conosco e tire agora todas suas dúvidas com um especialista.

Procurando um especialista?

A Implanta tem soluções para integrar e analisar os dados da sua cadeia produtiva, revelando as melhores oportunidades de negócio.

Conteúdo Exclusivo

Assine a nossa newsletter

pt_BRPortuguês do Brasil